O que não fazer com seus pontos: as 8 piores maneira de utilizar suas milhas

Os pontos de cartão de crédito e as milhas aéreas são bens preciosos para viajantes. Por isso é importante resistir sempre que as companhias aéreas e as empresas de cartões de crédito oferecerem maneiras tentadoras de queimar seus pontos. Para te ajudar a mante-los, listamos oito coisas que você definitivamente deve evitar.

1. Não deixe as milhas expirarem

Você já recebeu um destes e-mails assustadores: “seus pontos estão expirando, use-as agora”? Saiba que toda vez que você viaja ou ganha milhares com um programa, a data de validade é teoricamente é reiniciada. Mesmo que lhe digam que seus pontos expirarão em menos de um ano, qualquer viagem com a companhia aérea devolverá esse número, na maioria dos casos, pelo menos um ano.

2. Não use milhas aéreas para estadas de hotel

As milhas da companhia aérea representam um valor terrível para estadias no hotel. Normalmente você obterá menos de US $ 0,01 de valor por cada ponto que você resgatar. Ou seja, uma conta de hotel de US $ 1.000 custaria mais de 100.000 pontos. Você pode conseguir um valor muito melhor usando suas milhas aéreas em um voo.

3. Não use seus pontos de cartão de crédito para cartões de presente ou vales de compras

Você pode transferir seus pontos para uma grande variedade de companhias aéreas e hotéis, recebendo um retorno incrível sobre seus gastos. Por que então usar seus pontos em compras da Amazon, cartões de presente e outros itens? Se fizer isso você obterá menos de US $ 0,01 de valor por cada ponto que você usa.

4. Não use suas milhas aéreas para comprar alimentos ou bebidas a bordo

Gastar seus pontos e milhares de alimentos ou bebidas da companhia aérea durante o voo é besteira. Ainda mais  se você usa um cartão de crédito da companhia aérea para ganhar milhas. Pense desta maneira: 1.000 pontos podem não soar muito para uma garrafa de água. Mas, quando você precisa gastar US $ 1.000 para conseguir essas milhas, para então “gastar” esses US $ 1.000 em uma garrafa de água é simplesmente loucura. Mais e mais companhias aéreas estão permitindo que os passageiros usem pontos para compras a bordo, então cuidado.

5. Não use suas milhas para revistas

É só fazer o comparativo: viajar ou ter uma assinatura da sua revista favorita. Se você pensar como nós, provavelmente prefira investir em uma nova trip do que ficar bem informado. Até porque, informação a gente encontra gratuitamente na internet, né?

6. Não use seus pontos em vôos ou hotéis com os quais você pode pagar confortavelmente

Pontos e milhas são as principais chaves para descolar passagens caras. Sendo assim, não tem porque gastar seus pontos em voos, hotéis ou outras experiências de viagem que você pode  pagar facilmente. Ao invés de usar 25.000 pontos para cobrir um voo nacional, salve essas milhas para quando precisar quando precisar daqueles 50.000 pontos para aquele voo até a Europa.

7. Não Compre Mercadoria com seus Pontos

O uso de pontos para mercadorias (principalmente inúteis) é um dos truques mais antigos das empresas de cartões de crédito. Pense bem em tudo o que você pode fazer com seus pontos! Qual a prioridade, aquela passagem aérea dos sonhos ou artigos para casa que você usa apenas uma vez e depois guarda para a eternidade?

8. Não vá para Cash + Points Schemes

Muitas companhias aéreas agora oferecem a oportunidade de usar uma combinação de pontos + dinheiro para reservar um ingresso. Embora possa haver casos raros em que isso faça sentido, na maior parte, você pagará mais dinheiro do que deveria. Certifique-se de comparar opções como a reserva inteiramente em dinheiro, ou inteiramente com milhas.

Confira outras matérias:

Be First to Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *