Infestação de percevejos atrasa voo da British Airways

Tem alergia a insetos? Então provavelmente você deva evitar com a British Airways por enquanto. Isso porque, recentemente um voo partindo de Londres para Gana adiado depois que a tripulação de cabine se recusou a pilotar o avião. O motivo: a uma infestação de percevejos.

Infestação de percevejos

A tripulação chegou a levantar voo e viajou por alguns minutos do aeroporto de Heathrow. Mas, segundo o Yahoo News UK, a tripulação conseguia ver os percevejos “rastejando sobre os assentos” com os olhos nus. Os passageiros e a tripulação foram tiveram de esperar por quatro horas após o horário de partida agendado por um avião de reposição.

A empresa divulgou uma declaração, confirmando o último evento. “O conforto dos nossos clientes é primordial, então, assim que este problema muito raro foi identificado em Heathrow, imediatamente tiramos a aeronave do serviço para tratamento”.

Histórico

Esta não é a primeira vez que a British Airways sofreu de uma infestação de insetos. Em outubro de 2017, três passageiros queixaram-se de mordidas múltiplas dos pequenos insetos após um voo de nove horas. A empresa se desculpou posteriormente. Contudo, o histórico não para aí: no dia 13 de janeiro mais um passageiro desembarcou de um voo com dezenas de mordidas de percevejos. Isso sem mencionar o rato foi encontrado durante um voo no ano passado.

Ao longo do ano passado, a companhia aérea cortou vantagens como alimentos e álcool gratuitos em classe econômica em vôos curtos. Além disso, em trajetos de menos de quatro horas, os passageiros da classe econômica não poderão mais reclinar assentos. O espaço para as pernas também foi reduzido. Só não comece a pular no controle de pragas, BA. Nós imploramos!

Fonte: Condé Nast Traveler

Confira outras matérias:

Be First to Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *