Bed Bugs: como descobrir se há percevejos no seu quarto

Não é de hoje que encontramos viajantes se queixando ao encontraram percevejos em suas camas, seja em hotéis, hostels ou outro tipo de estadia. Se ser mordido por percevejos já é ruim o suficiente, imagine então trazer em sua mala uma infestação desses insetos.

Como então evitar os temidos bed bugs? Felizmente, existem algumas etapas importantes que você pode seguir, de acordo com Rentokil, empresa de controle de pragas de quase 100 anos trabalhando em mais de 60 países. Confira abaixo dicas para se certificar de que você é o único dormindo na cama do hotel esta noite. 

As aparências enganam

Com o aumento no número de relatos de percevejos nos últimos anos, os viajantes deveriam estar preparados para verificar seus quartos. Não importa se você está apenas uma noite em um couchsurfing ou uma semana em um resort de cinco estrelas. Afinal, a presença de percevejos “não é determinada pela limpeza das condições de vida onde são encontradas”, segundo o Centros de Controle de Doenças. Não se engane, o local pode estar aparente limpo e mesmo assim ter percevejos.

Comece com o pé direito

Primeiro, não jogue sua mala na cama ou no chão, onde é mais provável encontrar percevejos. Use a bagageira ou coloque sua mala em uma superfície dura, como uma mesa. Depois disso, o primeiro lugar que você deve verificar é o mais óbvio: a cama.

Procure por manchinhas de sangue, percevejos e minúsculos ovos brancos de insetos. Sua busca deve começar ao longo das costuras do colchão e zíperes e sob o colchão, nas articulações do esquadro da cama. Certifique-se de levantar cada canto do colchão e verifique cuidadosamente se há sinais.

Não pare na cama

De acordo com o CDC, os percevejos geralmente vivem a menos de oito metros de onde você dorme. Então, verifique se há os mesmos sinais de insetos ao longo de sofás e cadeiras. Seus corpos relativamente planos permitem que eles se encaixem em fendas apertadas. Por isso, olhe sob os botões e nas costuras dos móveis.

Procure também na área onde o tapete encontra os rodapés e, antes de desempacotar as roupas, dê uma boa olhada nas juntas dos armários e gavetas. Para um backup adicional, use a lanterna do telefone para ajudá-lo a ver os pequenos sinais de percevejos em cantos difíceis de alcançar.

Esteja disposto a mudar

Por último, mas não menos importante, confira na cabeceira da cama. Encontrou sinais de percevejos em torno de quadros,  gavetas, cabeceira ou em torno das lâmpadas? Se você suspeitar de insetos de cama após qualquer uma dessas etapas, avise o responsável e peça para ser transferido para um quarto diferente. De preferência um que não esteja diretamente acima, abaixo ou ao lado do quarto atual, sugere o Rentokil.

Melhor prevenir, do que remediar

Fazer toda essa busca dá trabalho sim! Mas já imaginou ter que pausar sua viagem para ir a um médico por conta das reações alérgicas? Não dá né! Por isso, tenha um pouco de paciência e faça todo o processo de busca. Com certeza você dormirá mais tranquilo sabendo que não há com o que se preocupar.

 

Confira outras matérias:

Be First to Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *