5 coisas que você não pode deixar de comer em Recife

Uma das melhores maneiras de conhecer a cultura de um lugar é através da gastronomia. Por isso, toda vez que vamos conhecer um novo destino pesquisamos e perguntamos aos locais o que não podemos deixar de comer.

Com Recife não foi diferente! Além de aproveitar as praias paradisíacas, conhecermos Olinda e o Centro Histórico, também comemos muita coisa boa. Então presta atenção no que você não pode deixar de provar quando estiver na capital pernambucana.

Bolo de rolo

Muitos dirão: “ah, é igual a um rocambole”. Não acredite, pois é mil vezes melhor! Para os que não conhecem, o bolo de rolo, como o próprio nome já diz, é uma massa bem fininha, recheada com goiabada (sabor mais tradicional, mas você encontra outros como doce de leite) e enrolada em várias camadas.

Super leve e saboroso, o doce é típico da região e pode ser encontrado em vários lugares. Nossa única recomendação é não deixar para comprar no aeroporto. O motivo? O preço é bem salgado!

Cartola

Quem diria que a mistura de banana frita, queijo, açúcar e canela teria tanto sabor? Essa sobremesa é uma das mais típicas de Pernambuco e tem origem nas casas-grandes dos engenhos. Outra versão mais elaborada que você encontra pelas ruas de Recife leva calda de chocolate. Bom ou ótimo?

Queijo Coalho

Esse já é conhecido da maioria dos brasileiros. Mas com o sabor (e preço) que você encontra em Recife, não existe igual! Me diga o que é melhor para curtir uma praia do que uma boa companhia, uma cervejinha e queijo coalho? Se existe algo mais perfeito que isso, eu desconheço.

Lagosta

Que o nordeste possui uma gastronomia rica em frutos do mar, nós já sabíamos. Mas o que nos encantou em Recife foi o preço destas iguarias, que aqui no Sul (onde moramos) além de caro, não é nada fresquinho e saboroso como no Nordeste. Por isso, se você tiver a oportunidade, não deixe de provar uma lagosta.

Cajá

Nós, que somos de Curitiba, nunca tínhamos provado o cajá. Se você também não, saiba que a fruta é bem pequeninha, amarela, com caroço e meio azedinha. Como para nós era novidade, provamos tudo que tínhamos direito: sorvete, suco, a fruta in natura e por aí vai. Mas o que realmente ganhou nossos corações foi a caipirinha <3 É sério, não deixe de experimentar!

Para os estômagos mais fortes

É claro que a gastronomia típica da região não se resume somente à isso. Outros pratos muito famosos são: a buchada de bode, sarapatel, cabeça de bode e o chambaril. Estes não são muito o nosso tipo de prato preferido, mas se você gosta de sabores mais marcantes, como a nossa amiga Julia do blog “Que Se Food” que nos acompanhou na viagem, é preciso experimentar estes pratos.

Confira outras matérias:

Be First to Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *