Florença lança campanha para dizer como turistas devem se comportar

O que torna um turista inconveniente? Menos de um mês depois de Veneza lançar a campanha #EnjoyRespectVenezia, com o objetivo de mudar o comportamento do turista através de propósitos, encorajamento e um pouco de vergonha pública, Florença seguiu o exemplo.

A chefe de turismo da cidade, Anna Paola Concie, revelou a nova campanha #EnjoyRespectFirenze. Trata-se de um  aviso aos turistas de que os visitantes da cidade não devem apenas ajudar a preservar seu patrimônio, mas também “respeitar os florentinos que vivem nele”.Este é um chamado para respeitar a cidade, sua história, sua arte e seus habitantes.

“Queremos derrotar a ideia comum de que as pessoas que vêm para a Itália podem fazer o que quiserem”, disse em uma coletiva de imprensa. “Estamos no ponto em que temos que deixar claro que eles devem se comportar como se estivessem em sua própria casa. Florença é uma das cidades mais bonitas do mundo e deve ser conservada, e que os turistas tenham essa responsabilidade.”

Proibições

Contudo, há diferenças entre a campanha de Veneza e Florença. A primeira busca encorajar os turistas a se comportarem melhor, além de dizer o que fazer. Já a iniciativa de Florença é puramente proibitória. Os visitantes são instruídos para não desfigurar seus arredores, despejar lixo, comprar produtos falsificados ou sentar-se a qualquer lugar, exceto bancos e áreas de estar públicas. Os turistas que se agacharam nos degraus da igreja para comer ou beber enfureceram os florentinos.

Para uma iniciativa, o conselho produziu lembrancinhas, incluindo t-shirts, canecas, porta-chaves e sacolas com alguns dos comportamentos ofensivos impressos sobre eles. Estes itens serão distribuídos aos hotéis, restaurantes e operadores turísticos.

Mas Concia está convencida de que isso – juntamente com multas de até € 500 (US $ 590) já estão em vigor por mau comportamento – é a única maneira de os visitantes se comportarem melhor no século XXI. “Este é um chamado para respeitar a cidade, sua história, sua arte e seus habitantes”, disse ela. “As pessoas que não respeitam as regras serão punidas”.

Impossível agradar todos

Em sua maioria, os florentinos parecia em grande parte feliz com a notícia. Mas nem todos estão tão contentes com as medidas, desacreditando de seu potencial. Jacopo Cellai, um conselheiro do partido de direita Forza Italia, chamou de “uma iniciativa ridícula que é ofensiva para os turistas”.

E você, o que acha disso tudo?

Confira outras matérias:

Be First to Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *