Maboneng: o bairro mais descolado de Joanesburgo

Depois do safari no Parque Kruger, da daytrip na Panorama Route e das visitas ao Moholoholo e HESC, chegou a vez de conhecer Joanesburgo!

Como a viagem entre Hoedspruit e a capital é meio longa, chegamos apenas no final da tarde. Por isso, decidimos ficar o resto da dia somente no bairro onde iriamos ficava nosso Airbnb: o Maboneng. Definitivamente,acertamos na escolha! O bairro é sensacional.

Maboneng Precinct

Restaurantes descolados, galerias de arte, grafitis e mercados livres são as principais características do bairro mais boêmio de Joanesburgo. Considerado um distrito hipster, o Maboneng Precinct  passou recentemente por um projeto imobiliário e urbanístico.

Tudo começou quando a família Liebermanf investiu em imóveis na região, antes industrial. Obras estruturais foram realizadas, e o preço dos aluguéis para artistas e pequenos lojistas foi reduzindo. Isso gerou um boom! Desde então, o bairro virou o queridinho dos jovens e envolvidos no cenário artístico de Joburg.

Podemos dizer que o centro do Maboneng é o conjunto de galpões Arts on Main.Trata-se de uma espécie galpão que reúne galerias de arte, lojas de design criativo, diversas opções gastronômicas e musicais. Especialmente nos domingos o local torna-se uma das principais atrações do bairro. É música e gente descolada  para todo lado! Uma mistura de odores e cores indescritíveis.

 

Street art

Se tivesse que escolher apenas uma coisa para escolher como preferida em Maboneng seria a riqueza de street art e intervenções. Principalmente na histórica Fox Street e na Commissioner Street, para onde se olha há arte. Os enormes grafitis, além de encantar qualquer um, reforçam a cultura e história da África do Sul.

O bairro é um prato cheio para quem, como eu, curte um rolê  descontraído pelas ruas. Prestar atenção em cada muro e ter sempre uma câmera à postos é pré-requisito quando se passeia por Maboneng.

Diversidade

Outro ponto surpreendente é a variedade da redondeza. Você encontra de tudo: artesanato, roupas (das mais modernas, às tradicionais africanas), livrarias, lojas de vinil, museus e por aí vai. Minha maior alegria como tea lover foi encontrar uma casa de chá com diversas infusões típicas africanas, a Yswara. Até chá de baobá orgânico e marula tinha por lá!

Por isso, se você vai visitar Joanesburgo e ainda não sabe aonde se hospedar, não tenha dúvidas: Maboneng Precinct. E se esse post ainda não foi capaz de te convencer completamente, acessa o site do bairro. Lá você encontra toda a programação cultura com eventos, festas e festivais. Maboneng vai ganhar seu <3

Confira outras matérias:

Be First to Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *