Moholoholo Animal Rehabilitation Centre: Nosso primeiro contato com animais desabilitados

Ao terminar nossa daytrip pela Panorama Route chegamos em Hoedspruit, na província de Limpopo. A cidade conta com diversos centros de reabilitação animal, como o Moholoholo Animal Rehabilitation Centre. Conhecido por seu trabalho com animais feridos, ou que não podem voltar para o seu habitat natural, o centro dá uma verdadeira aula sobre a natureza africana.

Tour

O Moholoholo Animal Rehabilitation Centre funciona de segunda a sábado e possui duas opções de horário: 09:30 e 15:00. O tour completo dura cerca de 2,5 horas, onde um guia explica as principais dificuldades vividas: caça, doenças, envenenamento e até mesmo bruxaria.

Além das informações e curiosidades, o passeio ainda permite uma interação com alguns animais. Nós tivemos a oportunidade de alimentar abutres e fazer carinho em algumas aves de rapina. Também conhecemos de perto vários animais, mas obviamente separados por uma grade. Foram inúmeras espécies de aves, leões, cheetas, leopardos, hienas e gatos selvagens.

Conscientização

Na minha opinião, a parte mais legal de conhecer atrações como o Moholoholo é ver que ainda há esperança. Apesar de a maioria dos animais sul africanos já estarem apenas em reservas privadas (informação dada no tour), há quem tente para reverter este quadro.

Ao visitar centros como este, você ajuda a financiar projetos de conscientização, como os que eles realizam em escolas e comunidades carentes. Isso sem contar nos cuidados com animais que são encontrados feridos ou envenenados. Lá eles possuem um cuidado especial até estarem prontos para voltar a vida selvagem.

Há ainda os moradores vitalícios do Moholoholo, que infelizmente não podem ser liberados em seu habitat natural. Estes tornam-se parte da família e tornam-se “embaixadores”, exemplos especialmente para as crianças que visitam o centro.

 

Estrutura

O Moholoholo não conta apenas com o centro de reabilitação. Há ainda algumas opções de cursos, tanto para crianças, quanto para adultos. Neles há um aprofundamento sobre os hábitos dos animais e como seria possível proteger-los da maior ameça: nós humanos.

Para os que possuem mais tempo (e dinheiro), existem ainda opções de hospedagem que vão desde acampamentos até casas de luxo capazes de acomodar várias pessoas. Para informações sobre tarifas e horários atualizados acesse o site do Moholoholo.

Se Hoedspruit está em seu roteiro, o Moholoholo Animal Rehabilitation Centre definitivamente é uma parada obrigatória.

Confira outras matérias:

Be First to Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *