Panorama Route: 100 km de incríveis vistas sul africanas

Nosso terceiro dia em terras sul-africanas foi em grande estilo: conhecemos a Panorama Route. Assim que começamos a pesquisar sobre as atrações próximas a Hazyview, nossa parada após o safari no Parque Nacional Kruger, achamos as dicas sobre essa rota.

No total são aproximadamente 100 km com inúmeras cachoeiras e vistas de tirar o fôlego. Isso sem falar no Cânion Blyde River, que além de ser o 3º maior do mundo, apresenta lindas paisagens por quase todo o caminho. Simplesmente maravilhoso! É uma daytrip daquelas que você vai dirigindo bem devagar, parando para tirar fotos e curtindo cada momento.

God’s Window e Wonder View

Começamos nossas paradas na God’s Window e Wonder View, que são super próximas uma da outra. Sinceramente, me decepcionei um pouco. Tudo bem que o tempo não estava colaborando muito, pois havia um pouco de neblina. Mas, pelo que tinha lido por aí, esperava mais.

Não que o lugar não seja lindo, não me entendam mal! A vista é bonita e com certeza vale a parada, mas ao chegar no fim da Panorama Route você verá outras atrações ainda mais bonitas. O legal da God’s Window é a infraestrutura: há uma pequena trilha que lhe dá acesso a uma vista diferenciada, além diversos mirantes. Você também encontra um mercado de artesanato e um banheiro, que estava limpo e era gratuito.

Já a Wonder View é mais simples, apenas um mirante e algumas artesãs vendendo suas obras. Porém, como fica logo ao lado da “Janela de Deus”, resolvemos parar para dar uma olhada. A vista do vale é ideal para dar uma ideia do que está por vir.

Lisbon Falls

A primeira cachoeira do nosso passeio foi a Lisbon Falls. Pertencente a cidadezinha de Graskop, para ter acesso ao local é preciso desviar um pouco da estrada principal. Mas não são muitos quilômetros e é tudo bem sinalizado. Assim como nas outras atrações você também encontra artesanatos locais e uma linda vista.

Berlin Falls

Um pouco maior do que a Lisbon, a Berlin Falls também fica alguns quilômetros fora da rota principal. Mas com certeza é válido fazer o desvio para ver essa obra da natureza. As duas cachoeiras bem são próximas então se você pararam em uma delas, vale a pena dar um pulo até a outra. Entre a Lisbon e a Berlin, achamos a segunda mais bonita.

Bourke’s Luck Potholes

Sabe aquele ditado “água mole em pedra dura, tanto bate até que fura”?! Em Bourke’s Luck Potholes isso é um fato! Ao longo dos séculos as águas foram esculpindo as pedras até elas se transformarem em lindas formações rochosas.Além de espaço para pic-nics, o espaço conta com lindas pontes e uma ótima estrutura para visita. 

A atração fica onde o Rio Treur encontra o Blyde. Já o nome do lugar foi dado em homenagem para Tom Bourke, que encontrou ouro na região, por isso Bourke’s Luck Potholes.

Three Rondavels

Essa com certeza foi nossa parada preferida! O mirante Three Rondavels dá uma vista incrível do Cânion Blyde River. O mais legal desta atração são as vistas para diversos ângulos do Rio Blyde, um show a parte. Acho que pelas fotos dá para entender porque este foi o nosso ponto turístico preferido da Panorama Route.

Dicas e outras atrações

Infelizmente não tivemos tempo para visitar todas as atrações da Panorama Route. Ainda há a Mac Mac Falls, Mac Mac Pools, The Pinnacle (não visitamos por conta da neblina) Pilgrims Rest e muitas outras paradas. Aconselho você a pesquisar as que mais te atraem antes de realizar a daytrip.

Outro ponto importante é: encha seu tanque de combustível! Quase ficamos sem combustível e os postos de gasolina são poucos. Então, por via das dúvidas é melhor estar devidamente abastecido.

Também é preciso alertar que a maioria das atrações são pagas. Nada exorbitante! Algo entre 15 e 40 Rands no máximo, mas de pouco em pouco, o dinheiro vai acabando. Outra razão para escolher bem as suas paradas. Das citadas acima, apenas a Wonder View foi gratuita.

Contudo, nossa principal dica é: vá bem devagar e curta a natureza ao seu redor! Estes 100 quilômetros são tão mágicos quanto os lugares aos quais ele te leva.

Confira outras matérias:

Be First to Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *