United Airlines arrasta passageiro para fora de voo após overbooking

Sorte dos que nunca sofreram com o temido overbooking! Já se tornou praticamente normal a tentativa das operadoras aéreas de garantir a ocupação dos assentos e assim aumentar o lucro. Contudo, quem sempre acaba perdendo é o passageiro.

Escândalo United Airlines

Não bastasse o transtorno do atraso, em um caso recente a United Airlines passou dos limites. O escândalo ocorreu no voo 3411 da operadora, que decolava de Chicago O’Hare para o Louisville International Airport, no dia 9 de abril. Antes mesmo de embarcarem a United informou os passageiros da situação e ofereceu U$ 400 para voluntários que desistissem do voo.

Como ninguém se manisfestou, após o embarque a United aumentou a quantia oferecida para U$ 800. Mesmo assim ninguém aceitou a oferta. Resultado? A empresa sorteou passageiros para saírem do avião. O primeiro casal escolhido concordou e deixou a aeronave sem grandes problemas.

Já o terceiro passageiro sorteado, não concordou com a situação. Convenhamos — ele tinha o mesmo direto que todos os outros passageiros de continuar no avião. O viajante afirmou ser médico e disse que precisaria imprescindivelmente atender um paciente o mais rápido possível, motivo pelo qual se recusou a deixar o avião. Foi então que três (nem um, nem 2, mas três) seguranças o arrancaram para fora da aeronave. Confira os vídeos feitos por passageiros:

Por outro ângulo:

Queimou o filme filme bonito, hein United! E você já teve uma experiência com overbookig? Compartilhe conosco!

Confira outras matérias:

Be First to Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *