Vaquinha online compra praia privada e a torna pública

Alguma vez você já se sentiu frustrado por tentar visitar algum lugar que se encontrava em uma área privada? Infelizmente este tipo de situação é mais comum do que imaginamos, acontecendo em diversos países, inclusive na Nova Zelândia.

Praia de Awaroa - Crédito REALESTATE.CO.NZ
Praia de Awaroa – Crédito REALESTATE.CO.NZ

Foi lá que, após a tentativa de conhecer uma praia paradisíaca fechada para turistas — já que se tratava se uma propriedade particular, Duane Major e Adam Gardner, resolveram lançar uma campanha no crowdfunding para comprar a praia e torna-la uma área pública.

Em pouco mais de três semanas a campanha já contava com a doação de mais de 40.000 mil pessoas, arrecadando um valor superior a dois milhões de dólares. O governo local também participou da vaquinha online, doando US$ 254 mil para angariar a praia de quase 70 mil metros quadrados. A iniciativa também contou com grandes apoiantes como Spark (U$20.000), o governo de Kathmandu (U$5000) e Duncan Cotterill (U$1000).

Apesar da transação ter sido concluída em fevereiro, foi só no começo de julho que a praia foi oficialmente transferida para o órgão de conservação ambiental da Nova Zelândia, com uma animada cerimônia de inauguração. “Tem sido uma experiência real de união. Pessoas de outros países também têm reconhecido o que isso representa. Vivemos a era de várias formas de tecnologia, que podem separar as pessoas. Mas neste caso ela as juntou“, comentou Duane em entrevista á BBC.

Duane Major (à esq.) e Adam Gardner comemoraram a compra da praia - Crédito DUANE MAJOR
Duane Major (à esq.) e Adam Gardner comemoraram a compra da praia – Crédito DUANE MAJOR

Graças a iniciativas como esta, você poderá conhecer  pessoalmente a praia de Awaroa, no Parque Nacional Abel Tasman, na Ilha Sul, uma das duas maiores da Nova Zelândia.

Confira outras matérias:

Be First to Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *